Em tempos de pandemia, onde as perspectivas são dos próximos meses ainda estarmos retomando ao novo normal. Muitas pessoas mudaram seus hábitos de consumo. Fazendo suas compras por delivery.

São famílias que estão optando por esse formato. Respeitando as orientações da Organização Mundial da Saúde e da legislação municipal e estadual, estão consumindo, se protegendo e ajudando a proteger.

O seguimento de alimentação nunca parou e nem vai parar. Alimentação é essencial e vital. O que acontece agora é que muitos dos contratos das compras institucionais como PNAE- Programa Nacional da alimentação Escolar, estão parados, ou os municípios estão entregando cestas aos alunos. http://www.catanduva.sp.gov.br/2020/05/04/prefeitura-distribui-2-mil-cestas-basicas-a-alunos-do-municipio/

Há também a abertura do PAA – Programa de Aquisição de Alimentos, embora com valores mais baixos que os praticados pelo PNAE, são uma forma de escoar produtos e gerar renda.

Como os restaurantes e bares tiveram uma queda nas vendas, aqueles produtores que tinham contratos com este segmento, perderam renda.

O mercado vai se ajustando. A venda direta ao consumidor se mostra neste uma alternativa, ganha/ganha, produtores vendem a um preço justo e consumidores pagam um preço justo.

https://exame.com/pme/com-delivery-de-frutas-e-legumes-empresa-cresce-cinco-vezes-na-quarentena/

Houve um aumento nos valores da Cesta básica em 10 capitais.

https://www.dieese.org.br/analisecestabasica/2020/202002cestabasica.pdfhttps://valor.globo.com/brasil/noticia/2020/04/27/fgv-apura-aumento-no-preco-em-itens-de-cesta-basica-durante-pandemia.ghtml

Em tempos como estes o produtor rural deve estar atento aquilo que ele pode atuar para passar por essa situação.

 Siga nossas dicas:

  • Reveja o planejamento do seu negócio e reestruture os novos ciclos produtivos;
  • Controle seus Custos e Reduza seus Gastos;
  • Venda direto ao consumidor por meio de entrega de produtos – Delivery;
  • Organize a divulgação por meio digitais gratuitos; (Facebook e WhatsApp);
  • Crie um ambiente com cliente, mostre a ele de onde vem os produtos, quantas famílias estão envolvidas, reforce a qualidade e constância dos produtos e entregas;
  • Fidelize os clientes entendendo suas necessidades e os tratando com cordialidade;
  • Inove em outros canais de comercialização

https://www.canalrural.com.br/noticias/agricultura/cna-cria-modelo-de-feira-livre-com-drive-thru-e-medidas-contra-o-coronavirus/